October 2006


Bem-vindo. Esta é a minha página pessoal – José Carlos Reis Duarte -, finalista da Licenciatura em Engenharia Informática e Computação na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Para mais informações deve aceder às páginas cujos links estão à direita. Estas informações referem-se a dados pessoais e académicos. Ou se preferir, poderá fazer download do Curriculum Vitae, em formato Europass, na secção Europass download.

Pode ainda navegar pelos posts, que contêm imagens e outro tipo de informação extra sobre alguns dos projectos mais importantes em que participei. Deve para tal aceder à categoria Projectos, ou, se preferir, percorrer o arquivo.

Qualquer dúvida que tenha, não hesite em me contactar!

jduarte.jpg

  • Nome: “Know-Construct”
  • Disciplina: Engenharia de Requisitos de Sistemas de Software
  • Link: http://www.know-construct.com
  • Clientes:
  • Descrição: O projecto europeu Know-Construct visa desenvolver um sistema para gestão do conhecimento de uma comunidade de PMEs na área da construção civil e simultaneamente de apoio à gestão de relações com os cliente desta PME, individualmente. Este sistema é baseado em tecnologias da web semântica, envolvendo em particular a utilização de ontologias para a organização e pesquisa da informação. Uma das dificuldades do desenvolvimento deste sistema é a especificação e desenho da interacção com os utilizadores na medida em que envolve a visualização de dados com relações complexas entre si. A construção expedita de pesquisas também é um aspecto difícil de lidar, uma vez que as aplicações experimentais existentes baseam-se em tecnologias pouco maduras. Pretende-se assim especificar os requisitos para a interação com o sistema, do ponto do utilizador individual e considerando também a questão da comunidade virtual.
  • A parte pela qual o meu grupo de trabalho está responsável, enquanto colaboradores do INESC Porto, é de analisar e especificar os requisitos relativos à pesquisa e navegação semântica no Knowledge Community Support, um dos dois sub-sistemas do Know-Construct. Mais pormenores da implementação não podem ser divulgados, por questões confidenciais. O projecto enontra-se de momento a decorrer, até ao final do semestre.

translatum

  • Nome: “Translatum”
  • Disciplina: Laboratório de Gestão de Projectos
  • Link: http://sourceforge.net/projects/translatum (link no SourceForge)
  • Cliente:
  • Descrição: Na disciplina de L.G.P. (que será muito provavelmente a mais importante do curso) são formados grupos de 12 alunos, que devem simular o funcionamento de uma empresa, e fazer um projecto para um cliente. A empresa do meu grupo foi a WebAlanche, e criamos uma aplicação web de tradução colaborativa, chamada Translatum, para o site blog.com, da PortugalMail. A linguagem usada foi PHP. Foi uma das minhas disciplinas preferidas, porque, mais do que em qualquer outra, tive uma noção do que seria formar uma empresa e levar a cabo todas as partes de um projecto. Acabei a cadeira com a nota máxima de 18 (em 20).

webalanche

  • Nome: “xProf” (a.k.a. “TeachMate”)
  • Disciplina: Laboratório de Engenharia de Software
  • Cliente:
    • grupo de docentes da disciplina, representado pelo Prof. Correia Lopes
  • Descrição: O objectivo do projecto era criar um RCP, um sistema que permitisse aos professores gerir todos os dados relativos a disciplinas, alunos, conteúdos, etc.. As funcionalidades do RCP a desenvolver dividiam-se em 4 sub-sistemas, cada um constituído por vários módulos. Cada grupo era responsável por um desses módulos, ou seja, o projecto era feito por toda a turma em conjunto. O módulo do meu grupo foi Planeamento/Acompanhamento, ou seja, a parte que permitiria aos professores gerir todos os dados relativos a planemento e acompanhamento de disciplinas – desde a ficha de disciplina, aos planos e sumários, até aos inquéritos e estatísticas. Acabei a cadeira com a nota de 17 (em 20).
  • Screenshot da aplicação:  imagem

Whack-a-Mole

  • Nome: “Whack-a-Mole” (a.k.a. “Caça às Toupeiras”)
  • Disciplina: Realidade Virtual e Aumentada
  • Código (em .rar)
  • Descrição: Este foi sem dúvida um dos trabalhos mais divertidos. Não só pelo tema em si – tínhamos que criar um jogo ou qualquer outro programa que tivesse um ambiente de realidade aumentada, ou seja, precisavamos de uma webcam para estar a filmar um cenário real, e criávamos objectos virtuais (criados por computador), sendo ambos misturados em tempo-real no monitor (é importante lembrar que a camara detectava padrões, e era no local desses padrões que iria colocar os objectos virtuais. O motivo principal de atracção do trabalho foi de que eu e o meu colega Bruno Santos tivemos uma boa ideia para um jogo: o jogador tinha um martelo (virtual, era um padrão) e existiam três buracos com relva (cada qual um padrão diferente); iam aparecendo toupeiras virtuais aleatoriamente nos buracos e desaparecendo rapidamente; o objectivo era “martelar” o máximo de toupeiras num dado espaço de tempo; tudo isto se passava num cenário real, isto é, qualquer sítio que estivesse a ser filmado pela câmara enquanto se jogava. Foi usada a ferramenta ARToolKit. Quanto aos modelos 3D usados, fizemo-los a todos no 3DStudioMax (podem vê-los nos links em baixo). Tivemos a nota máxima de 18 (em 20) no trabalho, e acabei a cadeira com 16 (em 20).

capa

  • Nome: “Nintendo” (DVD de Aplicação Multimédia)
  • Disciplina: Multimédia e Novos Serviços
  • Descrição: O objectivo da cadeira era criar um dvd ou cd contendo uma aplicação multimédia sobre um tema à escolha, em que o único requisito era que fosse usada edição de imagem, edição de vídeo, animação e fosse usada umaa ferramenta de autoria para criar o dvd/cd. Decici, juntamente com o meu colega Márcio Ribeiro, escolher como tema a Nintendo. O resultado foi um DVD que continha menus com diversas músicas e efeitos visuais; descrições de todas as consolas, com vídeos e com imagens; imensos flashs com descrições de vários jogos clássicos, com as suas imagens, música, etc.; animações; vários vídeos editados; objectos 3D; edição de efeitos sonoros. No trabalho obtivemos a nota máxima de 19 (em 20), sendo que acabei a cadeira com 17 (em 20).
  • Utilizei os seguintes programas: Macromedia Director, Macromedia Flash, Adobe Premiere, 3d Studio Max, Adobe Photoshop, Amara, Nero wave editor.
  • Poderá ver aqui alguns screenshots: 1 ; 2 ; 3 ; 4 ; 5 ; 6 ; 7 ; 8 ; 9 .

dotsandboxes

  • Nome: “Dots and Boxes 3D”
  • Disciplina: Laboratório de Aplicações de Software e Programação em Lógica
  • Código (em .zip) (contém a parte gráfica em OpenGL e a parte lógica em Prolog)
  • Descrição: Este trabalho foi composto por duas partes, uma para a disciplina de Laboratório de Aplicações de Software, em que criamos a parte gráfica, e outra para a disciplina de Programação em Lógica, em que foi criada a lógica do jogo. A parte lógica, só por si, já desempenhava as funções todas – era um jogo, neste caso o Dots and Boxes, jogo que podia ser jogado por 2 jogadores (um contra o outro), 1 jogador contra o computador, ou ver o jogo de 2 jogadores controlados pelo computador. Usava portanto inteligência artificial para controlar os jogadores do computador. Esta parte foi feita em Prolog. A outra parte, foi feita em OpenGL, e serviu para criar uma interface gráfica 3D para o jogo, sem ter nenhuma lógica das regras do jogo. Para tal, as duas partes comunicavam por sockets.

Next Page »